Análises

DirT 3

A passagem de testemunho é suavemente feita pelos criadores deste jogo e o piloto de rally Ken Block o natural sucessor do escocês voador Collin McRae. E começamos por abordar o toque da nova imagem de DirT3, Ken Block não só ofereceu toda a sua experiência como também é de sua responsabilidade a introdução de um novo modo de jogo, o Gymkhana onde os candidatos a pilotos vão abordar o lado mais radical dos rally.

Este novo modo, encontra-se espalhado por todo o modo carreira de DirT3 e até foi criado um enorme parque de diversões, onde o jogador pode aprender, praticar e evoluir cada uma das suas manobras – Jump, Drift, Donut, Spin e Smash. Para os ajudar foram colocados inúmeros obstáculos que servem de apoio para cada uma das manobras radicais. É um modo difícil mas que vai impressionar quem gosta deste género de jogos. Mas DirT3 não se apoia apenas neste modo, nele vamos encontrar os célebres X-Games e o extra de podermos competir em duas competições distintas, os Winter X-Games e os originais X-Games. Quem gosta de rally puro vai encontrar grandes desafios espalhados em quatro temporadas. Os pilotos que gostam de inovação não vão ficar desiludidos, porque a equipa de produção criou novos desafios em circuitos fechados. Assim temos os modos Land Rush e Rally Cross que obriga o piloto a efectuar uma condução rápida em ambientes muito hostis.


Já abordámos os circuitos, chegou a hora de falar nas máquinas. A Codemasters aproveitou as licenças do jogo anterior e inseriu no novo com pequenas modificações. À medida que avançamos em cada uma das temporadas, desbloqueamos novas licenças e veículos. Estas por sua vez oferecem bónus se conseguirmos ultrapassar os desafios impostos pela marca. No que diz respeito a veículos, os mais especiais são sem dúvida o Subaru Impreza de Collin McRae e o Toyota Celica de Carlos Sainz. Os saudosistas vão encontrar no parque automóvel de DirT3 motivos suficientes para sorrirem. Nele vão descobrir modelos WRC, das décadas de 60, 70, 80 e 90, do célebre Group B e finalmente do Open rally S2000. A condução varia entre modelos e nível de dificuldade, os danos têm um importante papel porque provocam sempre alterações na estrutura de cada carro.

Outro aspecto fundamental do jogo são as condições climatéricas, a neve faz escorregar mais o veículo, a areia obriga a uma condução mais cuidado e baseado no drifting e a chuva pode colocar ao piloto grandes problemas no meio da estrada. Como sempre existe um modo online, com muitos desafios e que inclui um modo carreira online onde um dos objectivos é a angariação de fãs.



No que diz respeito aos efeitos sonoros, o motor dos carros reinam em DirT3, cada um diferente, mas todos nos tranquilizam quando alcançamos a meta final. O ruído da chuva impressiona qualquer um, e o deslizar na neve faz-nos sonhar com os Alpes. Poucos jogos conseguem nos sonhar através dos seus efeitos sonoros!

DirT3 é um jogo muito completo, com uma generosa longevidade e ideal para todos os fãs de uma das disciplinas automóveis mais espectaculares da actualidade.

Artigos Relacionados

Close
Close