Notícias

Microsoft apresenta a Xbox One

Tal como o esperado, a Microsoft apresentou hoje a sua nova consola – a Xbox One. Esta consola, conta com 500GB de capacidade, um processador x86 com oito núcleos, três entradas USB 3.0 e um leitor de Blu-ray de alta velocidade. Para além disto, o comando foi redesenhado e todas as unidades serão acompanhadas por um novo sensor Kinect.

Esta nova versão do Kinect, inclui uma câmara HD com 1080p que capta vídeo a 30 frames por segundo. Os novos sensores aumentam consideravelmente a precisão e permitem ser usados sob qualquer condição luminosa. O campo de visão também foi ampliado, permitindo assim ser usado mais facilmente em qualquer espaço.

O Kinect também poderá ser usado para fazer vídeo chamadas com a qualidade 1080p através do Skype. Poderão ser feitas vídeo chamadas em grupo e também poderá ser usado via split-screen ao mesmo tempo que se joga.

Grande parte do foco da apresentação, recaiu na forma como a Xbox One interage com a TV e como de forma quase instantânea, se pode passar de um jogo ou outra aplicação para um programa televisivo usando o Kinect. A Microsoft espera conseguir acordos com operadoras de televisão por cabo em todos os países onde a consola será comercializada.

Uma função que tinha aparecido em rumores, acabou por ser confirmada. A Xbox One irá ter a função Game DVR que irá permitir capturar e enviar para a cloud os melhores momentos da sessão de jogo. Depois, será possível editar e partilhar o vídeo através do Xbox Live e das redes sociais.

A Xbox One não irá necessitar de uma ligação permanente à internet, mas como mostrado anteriormente, foi bastante focada na componente multiplayer.

Por falar em multiplayer, apesar de não ter sido dada nenhuma informação detalhada, o Xbox Live Gold continuará a ser pago. A subscrição Gold actual irá funcionar na Xbox One, não precisando de ser adquirida outra. Os Gamerscore e Achievements serão transferidos da Xbox 360 para a Xbox One.

O que ficou também confirmado, foi a falta de retrocompatibilidade com os jogos da Xbox 360. Esta razão deve-se às diferenças consideráveis de arquitectura entre a Xbox 360 e a Xbox One. No entanto, a Microsoft comprometeu-se a continuar a suportar a Xbox 360 com novos jogos e novas aplicações.

Xbox_Console_Sensor_controller

Por último e não menos importante, os jogos. A Xbox One irá permitir o uso de jogo usados, mas apresenta algumas restrições. O utilizador terá de instalar o jogo e este ficará ligado à sua conta através de um código que apenas poderá ser usado uma vez. Quem comprar um jogo usado, terá de pagar uma taxa para o poder jogar.

Durante a apresentação ficou claro a aposta da Microsoft em exclusivos. Durante o primeiro ano de vida, a Xbox One deverá receber 15 exclusivos, 8 deles sendo novos IPs. Quantum Break, o novo jogo da Remedy é um deles. Forza 5 também teve direito a destaque através de um trailer, e será um dos jogos disponíveis no lançamento da Xbox One.

No que toca a jogos multiplataforma, FIFA 14 e Call of Duty: Ghosts também marcaram presença, sendo que as versões Xbox One destes jogos, terão conteúdo adicional exclusivo e/ou temporário.

Apesar de não terem aparecido durante a conferência, já foram confirmadas as versões Xbox One de Destiny, Assassin’s Creed 4: Black Flag, Watch Dogs, Battlefield 4 e Thief.

Xbox One será lançada este ano, numa data ainda por anunciar. Durante a E3 2013, serão dadas mais informações.

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Close