Entrevistas

New GAME – Entrevista a André Garcez

Depois do “divórcio” com a GAME de Espanha, a GAME de Portugal passa a chamar-se New GAME. A ZWAME fez uma entrevista de 40 minutos com André Garcez, Web & Community Manager da New GAME, que respondeu às perguntas que os utilizadores do fórum colocaram, anunciando entre várias coisas, os planos para vender merchandising, organizar torneios e a abertura no dia de hoje, das lojas de Maia, Gaia e Rio Sul Shopping. Para além disto, a empresa também está a fazer o possível para entregar as consolas de Next-Gen no primeiro dia.

ZWAME: Estando a par da história da New GAME desde o principio, o que aconteceu à GAME, como se tornou na New GAME e qual a diferença?

André Garcez: A GAME era de um grupo inglês, que era o GAME Group plc. No final do ano passado, o grupo entrou em insolvência e isso arrastou vários mercados internacionais com eles. A GAME Portugal e Espanha salvaram-se, e ficaram a cargo de um grupo de investimento, que ficou a controlar ambas. Assim, a GAME passou do controlo britânico, para o controlo espanhol.

Mas houve a vontade de quem trabalhava na GAME em Portugal, de separar a empresa para termos uma maior autonomia e qualidade de serviço para com os gamers portugueses. Por isso, no inicio deste verão, houve o processo de separação, e a reestruturação de toda a empresa, tornando-se assim na New GAME.

ZWAME: Mas foi em Portugal e em Espanha, ou a New GAME apenas surgiu em Portugal?

André Garcez: Em Espanha mantém-se. O que surgiu foi apenas um divórcio. Houve a separação, e criámos uma nova marca que é a New GAME. Em Espanha continua a ser a GAME.

ZWAME: Qual é o vosso plano a longo prazo?

André Garcez: O nosso plano é melhorar os serviços actuais. Temos tido algumas sugestões, e com o feedback, iremos tentar melhorar.

Também iremos criar novos serviços para tornarmos a marca New GAME, numa marca de excelência para venda de videojogos e apoio ao cliente. Queremos que o gamer português se associe à New GAME, e veja a nossa empresa, não só como um sítio de venda de produtos relacionados com videojogos, mas também como uma pequena comunidade em Portugal.

ZWAME: Quem era sócio da GAME, vai ter de se associar à New GAME outra vez? Vai começar do zero?

André Garcez: Não. A relação com os sócios da GAME mantém-se. Todos os benefícios, todos os vales, todos os pontos em cartão….O contracto que estava vigente na GAME mantém-se para a New GAME. Apesar da separação, houve a transferência de todos os direitos. Não seria justo para os sócios da GAME, perderem de repente todos os benefícios.

O que acontecerá, será um processo gradual, onde a situação com o sócio irá alterar-se para melhor, mas irá alterar-se, e sempre sem custos para o sócio. Obviamente não seria justo o gamer português, com a mudança da marca, suportar os custos de novas alterações.

New GAMEZWAME: Para além da continuidade mencionada, irá ser adicionada alguma novidade?

André Garcez: Para começar, estamos a trabalhar em algo que não havia antes, que é o site oficial. Vamos tentar dinamizar o site oficial para venda de produtos, ou seja uma loja online. Estamos num mundo tecnológico, onde cada vez mais as pessoas fazem compras a partir de casa. Queremos que as pessoas se continuem a dirigir às nossas lojas, pois será o nosso ponto de venda principal, e continuará a ser onde iremos apostar mais, mas a loja online, será um complemento.

Também iremos trabalhar na realização de artigos para o nosso site. No fundo, queremos tornar o site num ponto de visita dos gamers portugueses para ficarem a par das novidades dos videojogos, não só dos produtos que temos à venda, mas também das novidades que estão para vir e quais os produtos que estão em destaque.

ZWAME: O site terá uma componente de loja. Será possível pré-encomendar um jogo pela loja online e recebê-lo no dia de lançamento?

André Garcez: O compromisso da New GAME, será entregar os jogos aos clientes no dia de lançamento. Nós vamos equacionar como será a loja online, pois ainda estamos a trabalhar nisso, mas não vejo porque não, se a pessoa pre-encomendar o jogo atempadamente. Quem reservar online na New GAME, será equivalente a uma reserva em loja. Mas ainda iremos trabalhar e ver se, no caso dessas reservas, as pessoas que quiserem ter o jogo no dia de lançamento, terão de se dirigir a uma loja, ou se receberão o jogo directamente em casa.

Ainda é cedo para dizer, mas é uma característica da venda online que estamos atentos, e que tentaremos fazer tudo para satisfazer as vontades e necessidades do gamer português.

ZWAME: Falando em pré-encomendas, quais são os vosso planos a curto prazo? Será possível reservar consolas next-gen numa loja New GAME?

André Garcez: Nós ainda não anunciámos no nosso facebook, mas as reservas já estão abertas. Nós já lançamos as reservas das nossas consolas e dos títulos que serão lançados até ao final do ano, mas ainda não o anunciámos, porque o sistema informático, também está a ser remodelado. Por isso, não queríamos anunciar algo, que pudesse depois sofrer com problemas técnicos.

De momento, podemos afirmar que as reservas estão abertas, tanto para as novas consolas, como para os novos jogos, por exemplo, Battlefield 4, Call of Duty Ghosts, PES 2014, FIFA 14 ou todos os outros jogos que as pessoas esperam que sejam lançados este ano.

ZWAME: Esta pergunta é mais especifica, mas também pertinente. No dia 29 de Novembro, haverá uma PS4 na New GAME?

André Garcez: O nosso compromisso, é que os produtos sejam entregues aos nosso clientes no dia de lançamento. Faremos tudo para ter todos os produtos entregues “day one”. Sabemos que no passado, houve problemas com isso, mas as pessoas têm que compreender que estávamos num processo de reformulação da marca, e os sistemas iriam colapsar. Não é o que vai acontecer agora, e estamos a trabalhar para que seja ainda melhor do que era a marca anteriormente.

ZWAME: A New GAME reabriu três lojas: Loures, Colombo e Guimarães…

André Garcez: Pegando neste ponto, dia 4 de Setembro iremos reabrir as lojas de Gaia, Maia e Rio Sul. São as próximas três lojas New GAME que irão reabrir. Ficará por enquanto em stand by, a loja Via Catarina, que irá reabrir muito brevemente. E pós este processo estar concluído, iremos remodelar gradualmente, as lojas que ainda tenham design antigo.

ZWAME: Irá haver promoções ou bundles especificas da New GAME?

André Garcez: Na marca antiga, nós sempre fizemos bundles de produtos seleccionados por nós. Isso irá acontecer na New GAME, e queremos que a oferta seja muito mais diversificada do que era antes, pois com o divórcio do grupo espanhol, temos muito mais liberdade. Estamos a trabalhar em bundles e temos já alguns equacionados e que nos parecem favoráveis.

ZWAME: Há a possibilidade de a New GAME vender jogos retro?

André Garcez: Diria que é uma possibilidade maior vender jogos retro que consolas retro. O problema das consolas retro, é a questão da garantia, pois para vendermos uma consola destas, teríamos de dar uma garantia de 2 anos, e isso não é praticável nestes produtos e não nos conseguimos comprometer.

A parte dos jogos retro, é uma excelente sugestão e iremos equacionar numa 2ª ou 3ª fase da empresa, mas não será algo imediato.

ZWAME: Para além de jogos, a New GAME tem planos para vender acessórios para jogos, merchandising ou organizar eventos/torneios?

André Garcez: No que toca a merchandising, a New GAME já anunciou merchandising e é algo que estará presente. Ainda não sabemos o que será, pois estamos mais focados na reposição dos jogos e das consolas, principalmente das novidades, mas iremos ter merchandising.

Quanto ao resto, o nosso objectivo com a New GAME, é aproximar a nossa marca do consumidor, e a questão dos torneios, é algo que iremos de certeza fazer, tanto em loja, como em parcerias com outras marcas ou fornecedores.

Relembro que em Abril tivemos um torneio no espaço de Guimarães, que serviu como primeiro ensaio e que nos deu força para tentarmos no futuro, repetir algo do género. Faremos torneios, faremos road shows, lançamentos de meia-noite e passatempos no facebook.

ZWAME: Na marca anterior, era frequente ver títulos usados mais caros que as suas versões novas. Isso irá continuar?

André Garcez: Isso é algo que estaremos atentos e que iremos corrigir. Obviamente que não faz sentido haver essa disparidade de preço entre a versão nova e usada do mesmo título.

Mas também haverá uma tabela de valorização, pois não será expectável o nosso cliente ir vender um título usado às nossas lojas, quase pelo preço do título novo.

ZWAME: O que pode o levar consumidor a escolher o sistema de pontos da New GAME em detrimento de um sistema semelhante de outras lojas?

André Garcez: Por enquanto, ainda não podemos afirmar o que teremos de novo, mas tal como disse anteriormente, iremos apostar numa qualidade de serviço. Vamos apostar nos benefícios para o sócio, e vamos fazer por justificar o porquê dos preços praticados em Portugal.

New GAME loja fotoZWAME: Estão a pensar dar mais algum tipo de vantagem a quem possuir o cartão da New GAME? Inicialmente, serão as mesmas vantagens, certo?

André Garcez: Sim, nós estamos a trabalhar na inclusão de novos serviços; não sabemos ainda quais ao certo, mas tudo aquilo que o sócio tem agora, irá continuar e algumas coisas serão modificadas para melhor.

ZWAME: Estão a planear dar mais espaço de loja a produtos Xbox, do que aquele que é dado em outras lojas do género?

André Garcez: A disposição do produto em loja, será sempre algo que iremos trabalhar directamente, tanto com os fornecedores, como pela análise do volume de vendas. No caso especifico da marca Xbox, tal como acontece com todas as outras plataformas, estaremos sempre atentos ao que vale a pena expor em loja e em que volume.

ZWAME: Como irá decorrer a remodelação de lojas, os prazos e quais as lojas que serão renovadas? Quantas lojas contam ter abertas até ao final do ano?

André Garcez: Este ano, contamos ter todas as 26 lojas remodeladas. Três já estão abertas, dia 4 de Setembro irão reabrir outras três, e as restantes serão reabertas o mais rápido possível. Não consigo dizer prazos, pois existem atrasos, além de que, remodelar uma marca é algo bastante complexo. Estamos a falar de uma cadeia de 26 lojas, que apesar de não termos começado do zero, quase que sentimos isso. O sistema informático é novo, a imagem é nova, os métodos de trabalho são diferentes e tudo isso leva tempo.

Todos os funcionários que tinha sido dispensados na altura do fecho das lojas GAME, foram readmitidos, e se não foram na sua totalidade, foram quase a 100%. Nós somos uma pequena família dos videojogos, e por isso olhamos pelos nossos. Quando as lojas encerraram, sempre tivemos a ideia de tentar contratá-los.

Actualmente nas lojas, são as mesmas equipas que estavam anteriormente, mas a New GAME está sempre aberta a novos colaboradores, e os interessados, podem entregar o currículo nas nossas lojas.

ZWAME: A New GAME tem planos para ter consolas para demonstração?

André Garcez: O caso das demo units, é algo que iremos debater com os fornecedores, para ver o que está disponível para as nossas lojas. Nós queremos mostrar os produtos e queremos que as pessoas experimentem os jogos, mas algo que irá limitar esta questão, diz respeito ao espaço das lojas. Assim sendo, as demo units estão dependentes de dois factores: o espaço nas lojas e a disponibilidade dos fornecedores.

Artigos Relacionados

Close