Análises

Football Manager 2014 Handheld

Dificilmente o título de um jogo poderia ser mais claro e descritivo. Football Manager 2014 Handheld é a versão do incontornável simulador tático de futebol para dispositivos móveis Android e iOS, com as adaptações exigidas pelas limitações da plataforma mas esforçando-se por manter o máximo possível de funcionalidades da versão PC.

FMH 2014 review 1Enfrentando este desafio com arrojo considerável (a versão original PC é um jogo com um nível de profundidade e realismo quase avassaladores e seria impossível transferir tudo isto, ou mesmo a maior parte, para um tablet ou smartphone), o resultado não deixa de ser francamente positivo.

O essencial está lá. Três modos de jogo diferentes (Carreira: o modo mais familiar, permitindo treinar a mesma equipa, salvo chicotada psicológica, durante trinta anos; Desafio: escolher um clube em situação precária e conduzi-lo a bom porto, ultrapassando os desafios que surgem pelo caminho; e O Meu Clube: criar um clube próprio e acrescentá-lo a uma das ligas jogáveis). As ligas a escolher pertencem a catorze países (incluindo Portugal), podendo escolher-se até um máximo de quatro.

Os gráficos são reminiscentes do que os jogadores PC conhecerão e os jogos são acompanhados por uma mistura de texto descritivo, gráficos de progressão no terreno e visualização bidimensional do campo de jogo.

FMH 2014 review 2Os únicos reparos a fazer ocorrerão ao nível da interface, com algumas ações rotineiras a não serem tão fluídas como deveriam ser. Isto notar-se-á, por exemplo, no movimento de jogadores durante a escolha das equipas e durante as substituições, que exige o arrastamento com o dedo. Outro pormenor facilmente melhorável seria o acesso a jogadores, clubes e competições com um clique em vez de ser necessário recorrer a submenus.

Artigos Relacionados

Ver Também

Close
Close
Close