Análises

Team Sonic Racing

Prego a fundo!

Versão testada: PC

Sonic & All-Stars Racing Transformed, lançado originalmente em 2012, é um fantástico jogo de corridas de karts. Tanto assim é que ainda hoje faço ocasionalmente umas corridas para matar algum tempo livre ou para desenjoar de outros jogos. Não só este título tem uma jogabilidade divertida e não tão focada na frequência de power-ups, como abrange vários IPs da SEGA, incluindo Sonic, Crazy Taxi, Space Channel 5 e Nights into Dreams. Team Sonic Racing tenta seguir as pisadas de Sonic & All-Stars Racing Transformed, ao mesmo tempo que implementa algumas novidades à fórmula e à série.

Uma dessas grandes alterações está associada ao elenco de personagens. Ao contrário do título anterior, Team Sonic Racing só abrange personagens do universo Sonic. Sem grandes surpresas, Sonic, Tales e Knuckles estão presentes, assim como Shadow, Metal Sonic e Dr. Eggman. No total são 15 personagens diferentes deste universo. A outra grande alteração, e uma com grande impacto na jogabilidade, é o foco em trabalho de equipa. Tal como o título do jogo deixa antecipar, a entreajuda entre os diferentes elementos da equipa é importante para se obter um bom resultado no final das corridas. Neste jogo, ganhar a corrida não significa obrigatoriamente ganhar a corrida.

Chegar em primeiro lugar pouco importa se os outros dois membros da equipa ficarem em último. Por essa razão, a Sumo Digital implementou várias mecânicas para criar uma ligação entre os elementos das equipas e para dinamizar as corridas. Por exemplo, podem apanhar um power-up e dá-lo a um outro colega de equipa, ou vice-versa. E o membro da equipa que estiver mais à frente, deixa um rasto amarelo na pista que serve para dar um boost na velocidade dos restantes elementos da equipa. Estes são apenas dois exemplos daquilo que é um sistema inteligente e viciante que incentiva a coesão da equipa para rumar à vitória. Não esperava que esta componente funcionasse tão bem como funciona, tornando-se rapidamente natural o seu uso.

As 15 personagens disponíveis estão divididas em três classes diferentes: Speed, Technique e Power. Cada classe tem os seus pontos fortes e fracos, que têm impacto na forma como cada uma se controla em pista. Por exemplo, as personagens do tipo Technique são imunes aos efeitos de desaceleração ao passar por terrenos acidentados, enquanto que as personagens do tipo Power conseguem quebrar alguns obstáculos sem qualquer problema. Por sua vez, a classe Speed é a que oferece a maior velocidade máxima, mas para compensar, é a que tem a pior condução.

Team Sonic Racing inclui um modo história. Situado num mapa de estilo semelhante a Sonic & All-Stars Racing Transformed, cada nível oferece diferentes objectivos, incluindo corridas normais ou desafios tipo coleccionar anéis ou fazer slalom. Cada objectivo completado recompensa estrelas que, posteriormente, servem para desbloquear os níveis seguintes. O aumento da dificuldade é progressivo e natural ao longo deste modo, mas a narrativa em si é medíocre e o voice acting também não é particularmente bom. Felizmente, quando a coisa fica insuportável, dá para passar as sequências narrativas à frente. Por outro lado, a banda sonora é tipicamente Sonic e é de grande qualidade.

Quanto aos circuitos, no total são 21, com alguns a regressar de anteriores jogos, e são brilhantemente inspirados em níveis clássicos Sonic. Diria até que estão entre os melhores deste género de jogos. Os circuitos foram desenhados tendo em mente os princípios básicos da série, nomeadamente, a velocidade, o estilo e a fluidez, e também oferecem atalhos para tornar as coisas ainda mais interessantes. Além disso, os circuitos têm um bom nível de detalhes e são visualmente cativantes para andar sempre a abrir.

Team Sonic Racing surpreendeu-me pela positiva. Não estava à espera que o foco em trabalho de equipa, ao invés do foco em desempenho individual, resultasse assim tão bem. Aliás, o jogo tem a possibilidade de correr a solo de forma mais tradicional, sem estas mecânicas de equipa, mas o design geral do jogo torna as corridas em equipa muito mais divertidas e dinâmicas. Isto significa que é melhor que Sonic & All-Stars Racing Transformed? Não. Embora seja um bom jogo, Team Sonic Racing nunca consegue chegar aos pontos altos de Sonic & All-Stars Racing Transformed, em particular no leque de personagens disponíveis. Ainda assim, este é um jogo que os fãs de Sonic e de jogos de corridas de kart devem ter em conta.

Sistema utilizado: Intel i7 6700k 4GHz, MSI Strix RX 480 8GB, 16GB RAM DDR4 2400MHz, SSD OCZ 250 GB
Nota editorial: Cópia fornecida pela editora para efeitos de análise.

Veredito

Nota Final - 8

8

Team Sonic Racing é um jogo divertido, que os fãs de Sonic e de jogos de corridas de kart vão gostar, mas que nunca consegue atingir os pontos altos do seu antecessor, Sonic & All-Stars Racing Transformed.

User Rating: Be the first one !
Back to top button
Close
Close