Análises

Patapon 2 Remastered

Pon pon pata pon!

Versão testada: PlayStation 4 Pro

“Pon-pon-pata-pon! Pata-pata-pon!” é a batida nostálgica que marca o ritmo de Patapon 2, um título lançado em exclusivo para a Sony PlayStation Portable em 2008, mas que vê agora um tratamento gráfico de remasterização em 4K na PlayStation 4 Pro e em 1080p na PlayStation 4.

Na sua essência, Patapon 2 Remastered é um jogo de ritmo musical, com uma mistura de elementos RPG e estratégia em tempo real, numa mistura de géneros que garante alguma originalidade na nossa interacção com os pequenos heróis guerreiros Patapons e no modo como conseguimos ir comandando a nossa tribo para derrotar os inimigos e ir avançando no terreno desta misteriosa ilha.

Em Patapon 2 vamos encontrar mais de 60 níveis, em 2D, onde vamos defrontar outras tribos e encontrar vários bosses, onde se torna necessário que a nossa estratégia esteja o mais afinada possível e o marcar de ritmo das batidas não tenha falhas. O jogo tem ainda mini-jogos que se tornam importantes para ganhar recursos que permitem equipar os nossos guerreiros com armas e escudos mais resistentes e que darão vantagens para garantir a vitória e derrota dos inimigos.

Podendo-se escolher inicialmente 3 níveis de dificuldade diferenciada, para se avançar no jogo vamos dando ordens através de sequência de batidas rítmicas que permitem que o nosso pequeno exército avance ou defenda. Se nos enganamos na sequência de batidas os pequenos guerreiros acabam por ficar confusos e deixam de obedecer às ordens. A sequência de batidas correctamente dadas nos botões do Dualshock 4, permite que o nosso exército entre no “fever mode”, aumentando assim os pontos ganhos por danos ofensivos e defensivos causados.

E é nesta necessidade de precisão dos comandos que senti mais problemas. O jogo tem um problema específico de “input lag”, em que as TV´s actuais, com sistemas de processamento avançado (mesmo desligando todas as opções de processamento e escolhendo o modo “jogo” na TV), sistema de homecinema com os receivers ou soundbars a intermediarem a ligação dos vários equipamentos, fazem com que se erre bastantes vezes e dado que, muitas vezes não é por falha do jogador, mas pela falha causada pelo input lag, tornem o avançar do jogo frustrante e pouco imersivo.

Esta situação que senti na minha configuração de equipamentos (algo que não senti com outros jogos), é ultrapassada com a possibilidade de ligar uns headphones ao Dualshock 4 e assim o input lag diminui fortemente. Assim, para se ter a melhor experiência possível, considero mesmo obrigatório jogar Patapon 2 Remastered com headphones, pois, sem estes, o input lag pode ser muito notório e intrusivo. Para agravar a situação, o jogo não tem qualquer possibilidade de configurar e afinar esta situação, e as definições das configurações do jogo são bastante básicas.

Outro ponto negativo que infelizmente devo sublinhar, diz respeito às cutscenes do jogo, que mantém a resolução inicial e não têm qualquer tipo de remasterização para 4K ou 1080p, pelo que, também aqui a imersão é afectada, na medida em que a imagem cristalina na jogabilidade, perde-se completamente assim que uma cutscene é activada. Outras remasterizações foram feitas de modo mais completo, algo que aqui, não foi tido em consideração.

O jogo tem um duração ronda as 15 horas e tem momentos muito engraçados em que a mistura dos ritmos e o modo como os pequenos guerreiros Patapons vão avançando, tornam a experiência visual e musical muito positiva. Por várias vezes, sem estar a jogar este título, dei por mim a trautear o “pon-pon-pata-pon!”, “pata-pata-pon”, entre outras sequências rítmicas presentes no jogo cuja batida e musicalidade é algo que facilmente entra no ouvido.

Em suma, Papatapon 2 Remastered é um jogo que vai satisfazer o público mais nostálgico e atrair novos jogadores, mas deve ser tido em consideração que, sendo um jogo que contém alguma dificuldade pela precisão necessária nas ordens dadas aos pequenos guerreiros, em certos momentos, devido ao input lag que apenas consegue ser praticamente ultrapassado com o “truque” de ligar headphones ao comando, também somos confrontados com um regular sentimento de frustração. Para uma experiência mais memorável os nossos valentes guerreiros Patapons mereciam um esforço adicional neste trabalho de remasterização.

Nota editorial: Cópia fornecida pela editora para efeitos de análise.

Veredito

Nota Final - 7

7

Patapon 2 Remastered é um jogo rítmico interessante e original, capaz de satisfazer os fãs do original e de atrair novos jogadores, mas que peca principalmente pela existência de input lag.

User Rating: Be the first one !
Back to top button
Close
Close