Notícias

Nintendo encontrou o responsável pela fuga de informação de Pokémon Sword e Shield

No início de Novembro de 2019, algumas semanas antes da chegada de Pokémon Sword e Shield às lojas, ocorreram algumas fugas de informação que mostraram antes de tempo grande parte das criaturas presentes nestes dois jogos.

Hoje, a Nintendo e a The Pokémon Company revelaram, num comunicado conjunto, que encontraram o responsável por essa fuga de informação, que não respeitou o NDA (acordo de confidencialidade) assinado na altura para receber um código de acesso ao jogo.

O culpado foi o site português FNintendo, que alguns de vocês devem conhecer. Ou melhor, o culpado foi um colaborador desse site. Devido ao FNintendo não ter conseguido lidar da melhor forma com o material confidencial, a Nintendo terminou todas as relações com o site.

“A Nintendo protegerá sempre a sua propriedade intelectual e as suas marcas. As partilhas indevidas prejudicam não apenas a Nintendo, mas também os milhares de funcionários que trabalham arduamente nestes jogos e os milhões de fãs em todo o mundo que adoram notícias e surpresas”, diz o comunicado.

“Surpreender e cativar os jogadores com novas experiências é uma paixão partilhada pela Nintendo e pela The Pokémon Company. Recorreremos a todos os recursos para garantir que continuem sempre a existir surpresas para os futuros jogadores de jogos Pokémon.”

O FNintendo entretanto também fez uma declaração, onde assumiu as culpas pela forma como lidou com o material confidencial e terminou as relações com esse colaborador. O site terminou o comunicado pedindo desculpas à Nintendo, à The Pokémon Company e aos seus leitores.

Pokémon Sword e Shield foram lançados no dia 15 de Novembro de 2019 para a Nintendo Switch, e em apenas 6 semanas, conseguiram vender um total de 16 milhões de cópias. Podem ler a nossa análise neste link.

Visitem o nosso fórum!

Back to top button
Close
Close