Análises

Gears Tactics

É hora de ser táctico!

Versão testada: PC

Gears Tactics é uma prequela spin-off da franchise Gears of War, passada 12 anos anos antes do jogo original e onde temos a possibilidade de acompanhar a história de Gabe Dias, o pai de Kait Diaz, o qual é chamado para uma derradeira missão que visa derrotar as hostes de Locust, no Planeta Sera e onde o próprio Governo está completamente desfeito e sem capacidade estratégica de travar a situação. É ao herói Gabe Diaz que compete recrutar, equipar e comandar a sua equipa numa missão que visa assassinar o cientista Ukkon, o líder dos Locust e outras criaturas medonhas, de modo a travar o seu desejo sanguinário da destruição da humidade através do seu exército de monstros geneticamente modificados.

Gears Tactics é um revigorante jogo single player de estratégia em tempo real, com combate por turnos, bastante dinâmico, onde as nossas capacidades de planeamento são colocadas à prova para conseguirmos vencer as hostes inimigas tão simbolicamente conhecidas desta histórica franchise.

A nível de jogabilidade, Gears Tactics apresenta uma visão 2.5D assimétrica e assenta no uso táctico estratégico de 3 acções por turnos a efectuar por cada personagem da equipa, numa perspectiva “top-down”, com bastante liberdade de escolha no tipo de acção a concretizar por estes, ao contrário de XCOM, um título imprescindível no catálogo dos jogos de estratégia por turnos. Ao contrário da existência habitual de uma grelha hexagonal no plano de jogo, a liberdade de movimentos dos personagens, sem estar preso a esta grelha é aqui mais ampla e permite uma quantidade de movimentos tradicionalmente associados a esta franchise, como o “slide into cover”, as execuções sangrentas por proximidade, entre outras características tão simbólicas de Gears. Efectivamente, este é um jogo bastante fiel à franchise Gears of War e os fãs da mesma vão facilmente identificar-se com a sua estrutura, a sua história e tudo o que envolve Gears Tatics.

Como fantástico complemento do jogo, que contam a história ou que por exemplo dão imagem gráfica cinematográfica aos ataques da nosso esquadrão, temos as cutscenes 3D tradicionais, de enorme qualidade gráfica, que dão o envolvimento imersivo complementar à história de Gears Tactics. Entre outros, este foi uma das características que me deixou positivamente surpreendido no jogo, pela aposta feita na elevada qualidade gráfica colocada no modo como somos envolvidos no argumento cinematográfico da história de Gabe Diaz e da sua equipa.

Durante o jogo e à medida que vamos avançando na história, é importante ter em conta que todos os heróis da equipa têm que sobreviver a cada missão, pelo que a estrutura de Gears Tactics é linear e assenta em cenários pré-definidos e não em campos de batalha gerados aleatoriamente. Neste sentido, este é um jogo com objectivos e missões estruturadas para contar uma tradicional história de Gears of War e o seu encadeamento de acções fast-paced é assente na necessidade de alcançamos objectivos pré-definidos que permitam avançar para as missões seguintes.

Para além da missão principal, os jogadores tem ainda objectivos adicionais em cada capítulo, pelo que às duas dezenas de horas do jogo principal, podem ainda prolongar por mais tempo a experiência-base. Por outro lado, após o fim da campanha, consegue-se desbloquear o exigente modo “veterano” e regressar ao jogo com uma dificuldade acrescida que exigirá ainda mais ponderação táctica nas escolhas a efectuar em cada missão.

Não sendo um jogador muito habituado ao uso de teclado e rato, posso indicar que é possível utilizar o comando da Xbox e este integra-se de modo muito fluído e dinâmico no controlo e escolhas dos nossos heróis.

Em suma, Gears Tactics é um título marcante que vai agradar a muitos jogadores que sejam apreciadores do universo Gear, mas também a jogadores que gostem de um jogo de estratégia por turnos que seja dinâmico, envolvente e com muita acção a puxar pela adrenalina de quem tem a difícil missão de salvar a humanidade.

Nota editorial: Cópia fornecida pela editora para efeitos de análise.
Sistema utilizado: AMD RYZEN 5 1600X 3.6GHz, NVIDIA GeForce GTX 1080 Ti, 16GB Ram DDR4, Windows 10

Veredito

Nota Final - 9

9

Gears Tactics faz um bom trabalho em unir o estilo visual específico da série Gears com um sistema de combate estratégico por turnos de XCOM.

User Rating: 0.25 ( 1 votes)
Back to top button
Close
Close