Mario Kart 8 Deluxe

9.5 Overall Score

Condução fantástica | Excelente design de pistas | Multiplayer em qualquer lado | Óptimo modo de batalha | Gráficos e banda-sonora fenomenais

Falta de opções

Game Info

GAME NAME: Mario Kart 8 Deluxe

DEVELOPER(S): Nintendo

PUBLISHER(S): Nintendo

PLATFORM(S): Switch

GENRE(S): Corridas

RELEASE DATE(S): 28/04/2017

Com muitos quilómetros postos no Mario Kart 8, chamar Mario Kart 8 Deluxe de familiar seria um eufemismo, mas quando melhoram o jogo que nunca desilude em festas ou naquelas sextas à noite passadas em casa com amigos, como resistir?
Mario Kart 8 Deluxe para a Nintendo Switch é muito simplesmente o jogo da Wii U com todo o conteúdo dos DLCs, algumas melhorias e alterações, personagens novas como os Inklings e mais importante de tudo, um modo de batalha em condições.

A condução continua a ser fantástica, masterizar o drift é ainda mais satisfatório que antes agora que aguentar o power slide mais tempo dá mais um nível de mini-turbo indicado por faíscas cor-de-rosa. Este ultra mini-turbo dá um impulso bastante longo, mas requer muito tempo em drift e por consequência, alguma técnica e conhecimento das pistas, veteranos que já as faziam de olhos fechados vão ter que reaprender como atacar as curvas.

Para quem está farto de ter o dedo sempre no acelerador há agora uma ajuda opcional que acelera automaticamente, mas a grande ajuda é a opção de condução inteligente que faz as curvas por nós, ideal para os mais novos ou menos experientes que passam grande parte do tempo a ir contra as paredes ou a cair. Assim, Mario Kart torna-se ainda mais inclusivo e acessível.

Outra novidade que altera um pouco o ritmo de jogo é a possibilidade de ter dois itens ao mesmo tempo (para usar pela ordem que apanhamos), o que aumenta o caos, mas também permite que se tomem mais riscos e haja mais opções de ataque e defesa.

A grande e muito bem-vinda adição é o novo modo de batalha, o suficiente para adicionar mais dezenas (arriscar-me-ia a dizer centenas) de horas de risos e frustração, agora com arenas desenhadas especificamente para batalhas e uma data de modos diferentes, assim sim, a experiência Mario Kart fica completa.
Em oito arenas podemos jogar cinco modos diferentes: em Shine Thief temos que apanhar e guardar um Shine sem que ninguém nos tire até acabar o tempo; Bob-Omb Blast vê todos os itens substituídos por bombas e cada jogador pode ter até dez, o que segue é guerra aberta; em Coin Runners o objectivo é apanhar o máximo de moedas possível, mas eventualmente elas deixam de aparecer no mapa e é preciso atacar os outros para que eles larguem uns trocos; Balloon Battle é o típico modo em que temos que rebentar ou roubar os balões dos adversários para ganhar pontos; finalmente, há o novo modo Renegade Roundup onde a equipa dos polícias anda com Plantas Piranha e tem que apanhar todos os ladrões, que podem libertar os companheiros presos ao acertar num interruptor debaixo das jaulas.

Com este brilhante modo de batalha a complementar as corridas em 48 pistas, assim como a velocidade 200 cc que exige uma maneira completamente diferente de jogar, Mario Kart 8 Deluxe tem imenso para oferecer, mesmo a quem já jogou o original.

Tanto na TV como no ecrã da Switch, Mario Kart 8 Deluxe é ridiculamente bonito. Há melhorias gráficas claro, além de uns retoques aqui e ali, o jogo agora corre em 1080p (720p em modo portátil) a 60 fps estáveis até dois jogadores e 30 fps com o ecrã dividido em quatro. Ver o bigode do Mario a esvoaçar enquanto fazemos drifts numa estrada arco-íris no meio do céu estrelado e fogo de artifício, ao lado de um comboio com Toads que nos atiram moedas para cima continua a ser um repasto visual. Se a quantidade enorme de pormenores gráficos e sonoros que permeiam o jogo pode parecer desnecessária num jogo rápido onde mal tiramos os olhos da pista, a verdade é que todos estes pormenores dão ainda mais vida às corridas, mesmo que o jogador não esteja ciente disso.

Nunca é demais realçar o quão fenomenal a banda sonora é, o baixo no tema de abertura continua deliciosamente funky e o solo de saxofone ao sair da água em Dolphin Shoals ainda dá arrepios, um exemplo incrível de como fazer uma banda-sonora dinâmica com instrumentação gravada ao vivo. Da composição à performance, da variedade de géneros e instrumentação à maneira como a música se funde com o jogo, há muito para dizer sobre a música de Mario Kart 8 Deluxe, mas bastará dizer que é sublime.

Estar na Switch tem vantagens inerentes que elevam Mario Kart ao próximo nível. Poder pousar a consola em qualquer lado para uma partida com amigos, ligar até 8 Switches por wireless ou 12 com cabo LAN tornam Deluxe num jogo multiplayer imbatível.
Jogar online continua a ser simples e rápido, agora com a vantagem de ser possível trocar de veículo e personagem sem sair do lobby, não ter amigos ao lado não é impedimento a levar com umas blue shells em cima. Como habitual em jogos Nintendo, com essa simplicidade vem a falta opções, desde a falta de voice chat à impossibilidade de criar um grupo fora das salas de torneio, há pormenores que continuam em falha. Claro, não sabemos ainda o que vai mudar quando o serviço online passar a ser pago e trouxer consigo a app para smartphones que supostamente servirá para estas coisas.

Mesmo sendo um remaster, é difícil ficar indiferente a Mario Kart 8 Deluxe quer se esteja compenetrado para manter o primeiro lugar, a gritar com um amigo por nos ter atirado por uma montanha abaixo ou a amaldiçoar todos os Deuses pelo nosso azar.
Mario Kart 8 Deluxe não é só o melhor Mario Kart de sempre, é diversão pura.

 

Nota editorial: Foi-nos fornecida uma cópia deste jogo pela editora/distribuidora para efeitos de análise.

SHARE THIS POST

  • Facebook
  • Twitter
  • Google Buzz
  • Reddit
  • Stumnleupon
  • Delicious
  • Digg
  • Technorati
Author: Joao Lopes View all posts by

Leave A Response