Análises

LocoRoco 2 Remastered

A bolha de gelatina amarela está de volta - Parte 2

Versão testada: Playstation 4 Pro

“pacchonbo- moi-inoinoi chakaretapatton pankorakettonto-n…”. Ok, tentei passar um bocado da letra da música Yellow Version do LocoRoco 2 Remastered de tão maravilhosa e original que é, e que já tentei cantarolar mais umas quantas vezes sempre que me lembro da série LocoRoco. Correto, é mais um remaster da PSP a ser analisado.

Mesmo tendo sido derrotados no primeiro jogo, os Moja Corps não desistiram e regressam com um novo plano para conquistar o mundo; eles planeiam implementar (em vários sítios) um som terrível que suga a energia da vida. Para aqueles que não conhecem a série LocoRoco, trata-se de um jogo de plataformas, no qual controlamos uma (sendo que no total tem 7 personagens, incluindo a nova personagem “Viole”) bolha gelatina amarela chamado “Kolche”. Em vez de mexermos a personagem com os tradicionais D-Pad ou analógicos, controlamos o LocoRoco através do balanceamento. Por outras palavras, balancear o planeta através dos botões L1 e R1, e se quisermos fazer com que a personagem salte, temos pressionar os botões L1 e R1 simultaneamente.

Felizmente neste LocoRoco 2 Remastered retiraram o balanceamento no sensor do comando, coisa que no primeiro atrapalhava mais do que ajudava. Também podemos dividir, desde que tenhamos no mínimo duas unidades, o nosso LocoRoco em vários LocoRocos pressionando várias vezes no botão “O”, e para voltarem a ser um só, manter o botão” O” pressionado.  O objectivo principal do jogo é comer as bagas, para ganharmos um LocoRoco, apanhar Pickories, para comprarmos objectos e divisões para a Casa Mui Mui, derrotar os Mojo e outros inimigos até chegar à meta do nível.

Ora, mas vamos falar das pequenas adições do LocoRoco 2 Remastered em relação ao primeiro. Os LocoRoco agora podem estar debaixo de água, saltar de ramo em ramo com os L1 e R1, entrar em certos objectos para destruir obstáculos e desbloquear novas plataformas,etc. Mas também houve uma pequena mudança, agora nas áreas em que requerem 5, 10 ou 15 LocoRoco, temos uma espécie de quick time event ou algo do gênero com notas de musicais. Se formos bem sucedidos, mesmo que falhem algumas notas musicais, ganham um ou dois prêmios.

LocoRoco 2 Remastered também tem uma boa quantidade de mini-jogos, desde o Loco Race (temos que escolher um LocoRoco e quem controla a nossa personagem é a IA), o Chuppa Chuppa (que tal como no anterior jogo, tratando-se de uma espécie que pode atirar o LocoRoco para o ar e alcançar certos obstáculos), o Loco Rider (no qual temos que empurrar o nosso LocoRoco adversário para os espinhos pretos para retirarmos-lhe os LocoRocos), também temos de volta o mini-jogo em que temos reconstruir e expandir a Casa dos Mui Mui, etc.

Temos vários níveis em vários sítios, como por exemplo, níveis tropicais, níveis no gelo, níveis numa fábrica, níveis na selva, etc. A banda sonora, que apesar da maioria ser igual às músicas do LocoRoco Remastered, continua espetacular. Visualmente, apesar das cutscenes algo datadas, são boas e então se forem em 4K é ainda melhor.

A única coisa que realmente me queixo, é o facto de pouco ter mudado em relação ao LocoRoco original. Podia ter mais áreas diferentes, mas mesmo assim não consigo largar o jogo de tão viciante que é. Quem gosta de jogos com uma imaginação fértil em ideias ao estilo do LittleBigPlanet, Tearaway Unfolded, Sound Shapes, The Unfinished Swan e Puppeteer,recomendo vivamente este LocoRoco 2 Remastered. Só não recomendo este jogo às pessoas que tenham problemas de enjoos. Agora, alguém que obrigue, seja por mensagem ou outra coisa qualquer, a Sony a lançar um LocoRoco 3.

Nota editorial: Cópia da versão PS4 fornecida pela PlayStation

Veredito

Nota Final - 9

9

Apesar de ter pouco mudado em relação ao 1º, LocoRoco 2 Remastered é soberbo e é um must have para quem gosta do gênero.

User Rating: Be the first one !

Ver Também

Close
Close
Close