Notícias

EVO Online foi cancelado

Devido à COVID-19, este ano não iria haver a habitual competição presencial EVO, que é considerado um dos eventos anuais mais importantes do mundo dedicados a jogos de luta. No seu lugar estava previsto haver um evento online, onde até estariam incluídos jogos que não fizeram parte da lista final para o evento presencial. Mas agora, o evento foi cancelado.

O antigo presidente e co-fundador do EVO, Joey “MrWizard” Cuellar, foi acusado de assédio sexual e pedofilia contra vários rapazes adolescentes. Mais tarde, o próprio pediu desculpas via Twitter.

No seguimento desta situação, NetherRealm, Capcom, Bandai Namco e Mane6 anunciaram que iriam retirar os seus jogos do evento online. Alguns comentadores, como o James Chen, Tasty Steve, Maximilian Dood e Stephen “Sajam” Lyon, juntamente com vários jogadores conhecidos, também confirmaram o seu afastamento da competição.

Em reposta a estas alegações, a organização anunciou que o EVO Online 2020 foi cancelado e que Cuellar deixaria de ter qualquer tipo de envolvimento com a empresa, com efeitos imediatos. Tony Cannon, que passa assim a ser o novo CEO, vai assumir um papel de liderança na priorização de responsabilidades, tanto internamente como nos eventos EVO.

Mas este não é o único caso do género na comunidade de jogos de luta. Nos últimos dias foram feitas acusações de assédio sexual, violação e/ou pedofilia contra vários jogadores conhecidos de Super Smash Bros, incluindo Nairoby “Nairo” Quezada, Richard “Keitaro” King, Cinnamon “Cinnpie” Dunson e D’Ron “D1” Maingrette.

Visitem o nosso fórum!

Ricardo Silvestre

É o editor da ZWAME Jogos e faz um pouco de tudo no site. Gosta em particular de jogos de corrida, jogos de luta e RPG's, mas também não diz que não a um bom jogo com loot.
Back to top button
Close
Close