Notícias

Desenvolvimento de Need for Speed vai voltar para a Criterion

A EA confirmou hoje que o desenvolvimento da franquia Need for Speed, que tem estado encarregue à Ghost Games, vai voltar para a Criterion.

Esta mudança deve-se ao facto de a Ghost Games mudar o seu foco, passando a ser um centro de engenharia que dará apoio ao desenvolvimento em vários projectos da EA. Como consequência, o estúdio mudará o seu nome para EA Gothenburg.

“A experiência em engenharia da nossa equipa de Gotemburgo, alguns dos quais são arquitectos do motor de jogo Frostbite, é vital para vários dos nossos projectos em andamento e eles permanecerão naquele local”, disse a editora ao site GamesIndustry.biz.

Quanto à equipa criativa da Ghost Games, a EA vai tentar transferir muitos destes colaboradores para cargos na Criterion e para posições noutros estúdios da organização, mas no total, 30 colaboradores têm o trabalho em risco.

Como disse no início, Need for Speed tem estado a cargo da Ghost Games, tendo produzido até à data quatro jogos da série: Need for Speed: Rivals (2013), Need for Speed (2015), Need for Speed: Payback (2017) e, mais recentemente, Need for Speed: Heat (2019).

Por sua vez, a Criterion é uma produtora experiente neste tipo de jogos, pois trouxe-nos a franquia Burnout e dois jogos da série Need for Speed, nomeadamente os fantásticos Need for Speed: Hot Pursuit (2010) e Need for Speed: Most Wanted (2012).

Visitem o nosso fórum!

Back to top button
Close
Close