Notícias

Monster Hunter: World chega ao PC em Agosto

A data de lançamento da versão PC de Monster Hunter: World foi finalmente revelada, assim como os requisitos mínimos e recomendados. A informação foi dada através da página actualizada do jogo no Steam.

Se aguardam ansiosamente pela chegada do action RPG da Capcom ao PC, ficam a saber que isso irá acontecer no próximo dia 9 de Agosto. As pré-reservas, tanto da versão Standard como da versão Deluxe, terão como bónus o conjunto de armadura Origin e o amuleto Fair Wind Charm.

Como o esperado, Monster Hunter: World trará a mesma jogabilidade vista nas consolas para PC, juntamente com várias melhorias gráficas. Por isso mesmo, podem ver em baixo os requisitos para ficarem com uma ideia se o vosso PC irá correr o jogo em condições.

Requisitos Mínimos:

  • Sistema Operativo: WINDOWS 7, 8, 8.1, 10 (necessário 64-bit)
  • Processador: Intel Core i5-4460, 3.20GHz ou AMD FX-6300
  • Memória: 8 GB de RAM
  • Placa gráfica: NVIDIA GeForce GTX 760 ou AMD Radeon R7 260x (VRAM 2GB)
  • DirectX: Versão 11
  • Rede: Ligação à Internet de banda larga
  • Espaço no disco: Requer 20 GB de espaço livre
  • Placa de som: DirectSound (DirectX 9.0c)
  • Notas adicionais: 1080p/30fps quando as definições gráficas estão em “Low”

Requisitos Recomendados:

  • Sistema Operativo: WINDOWS® 7, 8, 8.1, 10 (necessário 64-bit)
  • Processador: Intel® Core i7 3770 3.4GHz ou Intel Core i3 8350 4GHz ou AMD Ryzen 5 1500X
  • Memória: 8 GB de RAM
  • Placa gráfica: NVIDIA GeForce GTX 1060 (VRAM 3GB) ou AMD Radeon RX 570X (VRAM 4GB)
  • DirectX: Versão 11
  • Rede: Ligação à Internet de banda larga
  • Espaço no disco: Requer 20 GB de espaço livre
  • Placa de som: DirectSound (DirectX 9.0c ou melhor)
  • Notas adicionais: 1080p/30fps quando as definições gráficas estão em “High”

Monster Hunter: World foi lançado a 26 de Janeiro para a PlayStation 4 e Xbox One, e na nossa análise foi dito que “Monster Hunter é viciante e transformou-se, surgindo algo completamente novo numa série que já leva mais dez anos. Melhor elogio não pode haver, certamente.”

Artigos Relacionados

Close
Close